Buscar
  • petproducaoufrn

Autocuidado: um olhar para dentro de si


Como você está? Quantas vezes você respondeu esta pergunta no automático? Com que frequência há uma pausa para refletir sobre esse questionamento? Algo tão simples, mas que reflete no seu bem-estar e qualidade de vida e, ao mesmo tempo, se tornou tão trivial que nem paramos para pensar antes de respondê-la.


Essa reflexão é dificultada pelo volume de informações diárias a que somos expostos. Pensando nisso, listamos neste post alguns comportamentos que podem ser adotados para te ajudar a sair do automático e refletir mais sobre as suas atitudes.


1 – Praticar atividades físicas


Vistas por muitos como um meio de emagrecer ou até mesmo como uma paixão, esses exercícios trazem diversos benefícios relacionados à saúde e bem-estar, sendo alguns desses: a melhoria da capacidade cognitiva, e a redução dos níveis de ansiedade e estresse. Além disso, tais práticas possibilitam uma melhora na autoestima e energia.


2 – Realizar exercícios cognitivos


Com o surgimento da tecnologia, muitas das atividades cotidianas que serviam para exercitamos nossa cognição foram deixadas de lado. Porém, colocá-las na rotina é fundamental, tendo em vista que ajudam na memória, na lógica e concentração, além de servirem como válvulas de escape para uma semana agitada. Então, sempre que possível, associe esses exercícios ao seu cotidiano, seja através de uma dinâmica no início de uma reunião, seja por intermédio de um momento diário sozinho para a meditação.


3 – Reservar um tempo para os seus familiares e amigos


Um dos pontos para uma boa estratégia de cuidado psíquico é manter ativa a rede socioafetiva, estabelecendo contato, mesmo que virtual, com familiares, amigos e colegas. O apoio deles em sua trajetória de vida é essencial para ocorra um alcance mais efetivo da autoconfiança, motivação e sensação de tranquilidade.


4 – Manter uma alimentação saudável e sono regularizado


O planejamento de uma rotina com as características descritas acima e estabelecida de maneira intencional, com descrição das tarefas e duração prevista, possui um maior efeito do que tentar descobrir o que deve ser feito de maneira não estruturada. Sendo assim, pode-se inferir que a programação diária auxilia no enfrentamento do estresse, uma vez que favorece a tomada de decisões de maneira consciente. Caso o planejamento não se enquadre como uma alternativa viável para as suas vivências, seja receptivo com o acaso.

5 – Reconhecer os seus limites e angústias


Para atingir esse objetivo é fundamental que ocorra uma preocupação com os próprios sentimentos e necessidades, de modo a traçar estratégias de mitigação. Uma boa percepção das emoções permite a reavaliação de medidas protetivas e busca de auxílio, caso seja necessário.


6 – Ter um momento seu


É fundamental sair do modo automático e se conhecer um pouco melhor. O autoconhecimento aumenta a autoestima, facilita o reconhecimento dos seus limites e turbina a percepção sobre suas ações. Cada pessoa tem um método único de se conectar e você deve encontrar o seu. Meditação, ouvir música, realizar exercícios físicos são algumas dessas formas e, ao mesmo tempo, são fáceis de serem implementadas na sua rotina.


Vale ressaltar que essas recomendações estratégicas não possuem caráter obrigatório e, sobretudo, devem ser adaptadas à condição de cada indivíduo. Dessa forma, discutir sobre orientações e estratégias de cuidado pessoal torna-se cada vez mais necessário, sendo o ato de reconhecer o momento em que a pessoa se encontra apenas a primeira etapa. Por isso, não deixe de entrar em contato com profissionais qualificados para fornecer ajuda psicológica e, caso tenha gostado do conteúdo, sinta-se à vontade para enviar feedbacks.

82 visualizações

CONTATO

 (84) 92000-1430

petproducao.ufrn@gmail.com

 

Siga o PET Produção - UFRN nas Redes Sociais:

  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Spotify
  • White YouTube Icon